Make your own free website on Tripod.com
 
Aracnídeo
                   
  
Mershandeiser | Curiosidades | Bibliografia dos atores | A Origem | Dados do Personagens | Os Criadores | O filme | Jogos | Download | Acessórios | Saga do Clone | Música | Link's Favoritos | inimigos 1ª parte | inimigos 2ª parte | Inimigos 3ªparte | Inimigos 4ª parte | Amigos 1ª parte | Amigos 2ª parte | Amigos 3ª parte | A Família Parker | Uniformes 1ª parte | Uniformes 2ª parte | A LENDA VIVA

Home

  
                   
  
 Inimigos 4ª parte 
  
 

aranha2_g.jpg

Lagarto

Nome verdadeiro: Dr. Curt Connors
Origem: Cirurgião, o Dr. Curt Connors perdeu o braço direito na guerra . Inconformado, ele passou a estudar de maneira profunda os répteis , se tornando uma autoridade mundial no assunto. Depois de muita pesquisa, Curt desenvolveu um soro retirado de répteis que fariam membros perdidos por outros animais (uma lebre ou um rato, por exemplo) se reconstituirem novamente. Empolgado, Curt testou o soro em si mesmo. Seu braço se regenerou, porém, ele se tornou um lagarto humano. No processo sua mente também ficou um tanto quanto desequilibrada e ele passou a considerar todos os mamíferos uma ameaça para si próprio. O Lagarto e o Aranha já se enfrentaram diversas vezes. O herói já livrou Curt tantas vezes do Lagarto, que os dois acabaram se tornando amigos. Além disso, Curt Connors foi um dos professores de Peter Parker, e os dois também se tornaram amigos. O Dr. tem uma boa índole e são raras as vezes que perde o controle e se transforma no Lagarto. Atualmente ele tem lutado bravamente para manter seu "monstro interior" sob controle.

PRIMEIRA APARIÇÃO: "Amazing Spider-Man" nº6 (1963).

Mystério

Nome verdadeiro: Quentim Beck
Origem: Inicialmente trabalhando como dublê, Beck logo se tornou técnico em efeitos especiais. Ao ser demitido ele teve uma idéia "brilhante": estudou minuciosamente os poderes do Aranha, a fim de imitá-los à perfeição. Conseguindo isso, passou a cometer crimes sob a identidade do Aranha. Para completar a farsa, ele confeccionou o uniforme de Mysterio e se propôs a capturar o "vilão", tendo o apoio de J. J. Jameson para tal tarefa. Jameson, inclusive, destacou Peter Parker para cobrir a luta. Como era de se esperar, o Aranha desmascarou o pretenso herói, revelando a sua farsa. Vilão clássico do Homem-Aranha, o Mysterio é, talvez, um dos menos perigosos deles. Como não tem poderes e se vale apenas de efeitos especiais, ele geralmente é derrotado sem muita dificuldade. Ele se torna um inimigo mais perigoso apenas nas ocasiões em que consegue, de alguma forma, anular o sentido de aranha do herói ou quando atua em conjunto com o "Sexteto Sinistro".

PRIMEIRA APARIÇÃO: "Amazing Spider-Man" nº13 (1964).

 
  
 

aranha2_g.jpg

Rei do Crime

Nome verdadeiro: Wilson Fisk
Origem: Apesar de ser um inimigo tradicional do Demolidor, o primeiro "espinho-no-pé" do Rei foi nosso risonho aracnídeo. Sob a fachada de um respeitado empresário, o Rei comandava com mão de ferro todo o crime organizado na costa leste dos EUA, exercendo grande influência ainda no resto do país e até mesmo fora dele. Essa fachada sempre foi eficiente, pois, por mais de uma vez o Rei ameaçou a vida do Aranha e conseguiu escapar com facilidade. Anos atrás, no entanto, o Demolidor conseguiu reunir provas suficientes para colocar o Rei na cadeia. Mas ele escapou, ficou sumido por um tempo, e hoje prepara seu retorno.

PRIMEIRA APARIÇÃO: "Amazing Spider-Man" nº50 (1967).


Venon
Edward Brock era um reporter que certa vez foi procurado por Emil Gregg. este confessou ser o Devorador de Pecados, o que assassinou Jean DeWolf. Logo que Ed publicou a identidade do Devorador de Pecados no Clarim Diário, o Homem Aranha desmentiu a tese de Ed dizendo que o Devorador de Pecados era o ex-policial Stan Carter. A história de Ed era fruto da imaginação de um doente mental que dizia ouvir vozes no seu quarto (as vozes do próprio Stan Carter). Com isso a carrerira de Edward Brock desabou. Ed culpou o Homem Aranha.
Eddie chegou a pensar em suicído, e por isso ia a muitas igrejas pedir perdão (já que era católico e sauicídio era inaceitável). Quando ele estava na Catedral de Virgem Maria uma "sombra" o afagou. Essa sombra era o simbionte alienígena que fora rejeitado por Peter Parker. Como Eddie e o simbionte odiavam o Aranha, eles se uniram para se vingarem do Aranha.
Eddie, hoje, já não é mais visto como um vilão, mas como um anti herói, já que não mata as pessoas que julga inocentes.
Recentemente a origem do simbionte foi exibida no Brasil em Homem Aranha Anual #7. A história é meio maluca. No mundo dos simbiontes, todos queriam se aproveitar de seus hospedeiros até que morram. O de Venon era "rebelde" e queria viver em harmonia com seus hospedeiros. Por isso foi preso numa máquina. Essa mesma máquina foi usada por Peter Parker em Guerras Secretas para confeccionar um novo uniforme, libertando o simbionte
PRIMEIRA APARIÇÃO: A CONFIRMAR
SE TIVEREM MAIS COISAS SOBRE O VENOM ME MANDE


venom04.jpg

Abutre

ORIGEM: Gênio da eletrônica, Adrian mantinha uma pequena loja em sociedade com Gregory Bestman. O primeiro cuidava dos inventos e da manutenção de aparelhos eletrônicos e o segundo, das finanças. Quando descobriu que estava sendo roubado, Adrian desfez a sociedade e passou a se dedicar à montagem de um aparelho que lhe permitiria voar, além de aumentar
consideravelmente sua força. Confeccionando um uniforme e adotando o nome de Abutre, Adrian começou a sua longa carreira de crimes. Um dos vilões clássicos do Homem-Aranha, o Abutre sempre tenta, de alguma forma, destruir o herói. E sempre acaba como os outros, ou seja, preso. Foi um dos fundadores do Sexteto Sinistro; e vive brigando com o Aranha. Depois de quase morrer de câncer, ele foi rejuvenescido ao absorver a energia vital do humanóide que se passava por de Mary Parker. Com isso, se tornou mais perigoso do que nunca, chegando a infectar o Aranha com um vírus mortal. O herói foi salvo pelo Dr. Octopus. Depois disso, o Abutre ficou um tempinho sem dar as caras, até que, logo depois do fim da Saga do Clone, ele voltou com força total. Porém, em sua briga com o Aranha, o velhinho envolveu-se em um acidente e perdeu a juventude adquirida, voltando a ser o mesmo velho caguento de sempre.

PRIMEIRA APARIÇÃO: "Amazing Spider-Man" nº2 (1963).